Ceratocone é a alteração da córnea que provoca um afinamento progressivo de sua porção central e conseqüente baixa de acuidade visual. Esta pode ser moderada, severa e até imperceptível em estágio inicial.

O tempo de evolução da doença é variável e inicia-se, geralmente, na adolescência. Afeta homens e mulheres na mesma proporção e na grande maioria dos casos prejudica os dois olhos.

Sintomas do Ceratocone

O primeiro sintoma é o embaçamento da visão, e geralmente desenvolvem-se, também, miopia e astigmatismo. Fotofobia, leve pulsação corneal, lacrimenjamento, dor e redução do brilho corneano também caracterizam esta doença.

Diagnóstico do Ceratocone

A identificação de um ceratocone é fácil quando este se encontra em estágio moderado ou avançado. Porém, em fases iniciais, o diagnóstico torna-se mais difícil, requerendo uma cuidadosa história clínica, medidas da acuidade visual, refração e modernos exames complementares.

Tratamentos do Ceratocone

Em estágio inicial, o uso de lentes corretivas pode regular os problemas de visão decorrentes do ceratocone. Porém, com seu agravamento, esse recurso torna-se insuficiente e o transplante de córnea é recomendado.

O tratamento cirúrgico do ceratocone pode ser realizado através de Cross-Linking, Ceratoplastia penetrante, Ceratoplastia lamelar, Excimer laser e Intacs, modernos procedimentos de remoção e correção da córnea.