Buraco macular é uma pequena rasgadura na mácula que é a parte do olho responsável pela visão central e de detalhes. Esta visão com alta resolução é que nos permite ler, costurar ou reconhecer um rosto.

A figura 1 traz em detalhes o aspecto do buraco macular comparado com a situação de uma mácula normal, mostrada na figura 2. À medida que envelhecemos, o gel vítreo que preenche o interior de nossos olhos pode encolher e tracionar o tecido macular e, eventualmente romper, formando um buraco.

buraco de mácula frontal e de perfil

Fig 1: Imagem de um buraco macular (exame de tomografia de coerência óptica)

mácula normal

Fig 2: Imagem de uma retina normal mostrando a mácula que é fisiologicamente afinada em seu centro (exame de tomografia de coerência óptica)

 

Os Sintomas do buraco macular

Nas fases iniciais de formação do buraco macular, os sintomas podem não ser completamente óbvios. A visão central torna-se turva e distorcida. Se o buraco progride, um ponto cego pode se desenvolver, dificultando a observação de detalhes tanto para longe quanto para perto. É importante notar que a visão periférica ou lateral ainda estará mantida. Se algum destes sintomas ocorrer, é importante agendar uma consulta com o seu oftalmologista o mais rápido possível. O seu oftalmologista irá utilizar um aparelho especial chamado tomografia de coerência óptica (OCT) que mostra detalhes microscópicos da mácula.

A tela de Amsler (fig 3) é usada para monitoramento dos sintomas visuais nos pacientes com buraco macular inicial, ainda sem indicação cirúrgica. Nos casos com indicação cirúrgica a intervenção precoce traz melhores resultados. Nestes casos, se a cirurgia não for realizada, pode haver evolução do buraco de mácula com consequente perda de vários níveis da visão central.

grade de amsler normal e vista com buraco de mácula

Fig 3: Tela de Amsler normal (esquerda) e alterada (direita) mostrando deformação e borramento de imagem

 

Tratamento do buraco macular

Cirurgia de vitrectomia é o tratamento mais eficaz para reparar um buraco macular e, tentar melhorar a visão do paciente. Após remover o gel vítreo e membranas na superfície macular que a tracionam, o olho é preenchido por um gás para ajudar na reconstituição com novas células o tecido macular lesado. Após a cirurgia, o paciente deve manter uma posição da face voltada para baixo para manter a bolha de gás em contacto com a mácula e permitir a recuperação eficaz. Se tiver uma bolha de gás no vítreo, você não pode voar em um avião até que a bolha de gás tenha dissolvido a níveis seguros, pois um rápido aumento na altitude pode causar um aumento perigoso da pressão intraocular.