Blefaroplastia

A Blefaroplastia

Também conhecida como blefaroplastia, a cirurgia de pálpebra melhora a aparência das pálpebras superiores, das pálpebras inferiores, ou de ambas. A cirurgia proporciona aparência rejuvenescida na área ao redor dos olhos, fazendo com que o olhar pareça mais descansado e alerta.

Condições tratáveis:

1 A cirurgia da pálpebra superior remove o excesso de depósito de gordura que aparece como inchaço nas pálpebras superiores;

2 Pele frouxa ou flacidez que cria dobras ou incomoda o contorno natural da pálpebra superior, às vezes prejudicando a visão, e pode ser tratada com cirurgia de pálpebra superior;

3 A blefaroplastia da pálpebra inferior remove o excesso de pele e rugas finas na pálpebra inferior;

4 Bolsas sob os olhos podem ser corrigidas por blefaroplastia;

5 A cirurgia de pálpebra inferior pode corrigir queda das pálpebras inferiores.

Bons candidatos à cirurgia são:

Indivíduos saudáveis sem patologia que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia;

Indivíduos não fumantes;

Indivíduos com perspectiva positiva e expectativas realistas sobre a cirurgia;

Indivíduos sem condições oculares graves.

Informe ao seu médico seus problemas de saúde:

Doenças nos olhos tais como glaucoma, olho seco ou descolamento de retina;

Distúrbios da tireóide, tal como a disfunção de Graves e hipo ou hipertireoidismo;

Doenças cardiovasculares, pressão alta ou demais problemas circulatórios ou diabetes.

O que esperar da consulta de cirurgia de pálpebras?

O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

Esteja preparado para discutir:

A razão pela qual quer se submeter à cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado;

Condições médicas, alergias medicamentosas anteriores e tratamentos médicos prévios;

Uso atual de medicamentos, vitaminas, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas;

Cirurgias prévias.

1

O cirurgião
também poderá:

  • Avaliar o seu estado geral de saúde e todas as condições pré-existentes de saúde ou fatores de risco;
  • Tirar fotos para prontuário médico;
  • Discutir as suas opções e recomendar um tratamento;
  • Discutir prováveis resultados da cirurgia e quaisquer riscos ou complicações potenciais.
2

Preparando-se
para a cirurgia:

  • Fazer exames de laboratório ou avaliação médica;
  • Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais;
  • Parar de fumar bem antes da cirurgia;
  • Evitar tomar aspirina e alguns antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento.
3

Instruções
Especiais:

  • O que fazer na noite anterior e na manhã da cirurgia (tempo de jejum, medicamentos, banho);
  • O uso de anestesia durante o procedimento;
  • Cuidados pós-operatórios.

Você precisará de ajuda!

Não deixe de pedir a alguém que o acompanhe e que fique com você pelo menos a primeira noite após a cirurgia.

Etapas do procedimento:

Faça perguntas!

É muito importante que você tire todas as suas dúvidas diretamente com o cirurgião plástico sobre o procedimento cirúrgico. É natural que sinta um pouco de ansiedade, seja expectativa com o resultado ou estresse pré-operatório. Não tenha vergonha de discutir estes sentimentos com o cirurgião plástico.

Pergunte ao cirurgião plástico sobre a recuperação!

Onde vou permanecer em recuperação após o término da cirurgia?

Qual medicação me será dada ou prescrita após a cirurgia?

Será necessário curativo após a cirurgia? Quando será removido?

Os pontos serão removidos? Quando?

Quando poderei retomar minhas atividades normais e exercício físico?

Quando será a consulta de retorno?

Importante: É preciso que se proteja do sol e use óculos escuros até que o processo de cicatrização seja totalmente finalizado.

Resultados:

Os resultados finais da cirurgia da pálpebra aparecerão dentro de algumas semanas mas pode levar até um ano para as linhas de incisão refinar totalmente. Embora a cirurgia da pálpebra possa corrigir determinadas condições permanentemente, há o envelhecimento natural. Ao longo da vida é preciso que haja proteção solar adequada para ajudar a manter os resultados.



Conteúdo da Especialista CBV
Dra Fernanda Fayad, responsável pelo Depto. de Plástica Ocular do CBV - Hospital de Olhos

CRM: 13420-DF

A Blefaroplastia deixa cicatrizes? ⠀

Sim, como todo procedimento cirúrgico onde se tem corte de pele. Mas é possível posicionar as cicatrizes nas dobras e sulcos naturais da região. O período de remodelação cicatricial varia de 6 meses a 1 ano (dependendo das características do paciente). Após esse período, a cicatriz é praticamente imperceptível.⠀

Qual anestesia é utilizada? ⠀

A blefaroplastia deve ser realizada em um centro cirúrgico e normalmente é utilizada anestesia local, com sedação. Além disso, o paciente vai para casa no mesmo dia e retorna para a retirada dos pontos e revisão, com uma semana.⠀

Quanto tempo dura os edemas e hematomas?

Varia de pessoa pra pessoa. Recomenda-se o uso de bastante compressa gelada, a fim de acelerar a recuperação.

A partir de quantos anos posso operar minhas pálpebras?

A partir do momento em que o excesso de pele e bolsas de gordura comecem a incomodar estética ou funcionamento e que o exame clínico comprove que realmente existe indicação. Não existe idade limite.