Dia Mundial da Saúde Ocular conscientiza sobre cuidados com a visão

uidar da visão é tão importante quanto cuidar de qualquer outra parte do corpo. São os olhos os principais responsáveis pela nossa percepção do mundo. E, para que o sentido seja aproveitado de forma completa, o cuidado com a saúde ocular é indispensável. Por isso, neste domingo, 10 de julho, é celebrado o Dia Mundial da Saúde Ocular com o objetivo de alertar a população sobre a necessidade do acompanhamento preventivo com um médico oftalmologista e o diagnóstico precoce de doenças.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 50 milhões de brasileiros sofrem algum tipo de distúrbio da visão. Desse número, 60% dos casos são de cegueira e deficiência visual. Porém, se fossem tratados com antecedência, poderiam ter sido evitados.

A médica oftalmologista especialista em córnea do CBV – Hospital de Olhos, Fabíola Gavioli Marazato, destaca que a consulta ao especialista deve ser feita desde a infância, e o ideal é consultar-se antes mesmo de apresentar queixas visuais. A visita precoce pode corrigir problemas simples de refração, como a miopia, a hipermetropia e o astigmatismo. Além disso, ela ainda ressalta que exames de rotina podem melhorar a qualidade de vida dos pacientes. 

“Muitas doenças oculares podem ser detectadas em uma consulta com o oftalmologista, bem como muitas doenças sistêmicas e até tumores podem ser diagnosticados com o exame dos olhos. Por isso, a conscientização se faz tão necessária.”

Para se ter uma ideia, apenas o glaucoma atinge cerca de um milhão de pessoas no país. Quando não tratado e diagnosticado a tempo, leva à cegueira irreversível. Já a catarata é responsável por 51% dos casos de perda de visão no mundo, o que representa 20 milhões de indivíduos, de acordo com a OMS. Estima-se ainda cerca de 550 mil novos casos no Brasil por ano.

“A maior causa de cegueira no mundo é a causada por catarata, uma doença que todos terão e que é reversível com cirurgia. É importante também chamar a atenção para a prevenção da cegueira na infância, onde as doenças oculares podem levar à baixa de visão permanente, sendo recomendado que as crianças também façam exames oftalmológicos”, alerta Fabíola.

Médica oftalmologista especialista em córnea do CBV-Hospital de Olhos, Fabíola Gavioli Marazato, alerta para prevenção de doenças oculares desde a infância

É preciso conscientizar a população sobre os perigos de não dar atenção à saúde ocular, principalmente quando a maioria das doenças tem um início totalmente assintomático. Além disso, eliminar alguns hábitos prejudiciais pode agir em benefício da visão saudável, como evitar coçar os olhos, não utilizar colírios sem prescrição médica, usar óculos escuros com proteção UV, fazer pausas para descansar os olhos quando se está muito tempo em frente a telas e dormir bem.

Prevenção

CBV – Hospital de Olhos, renomado centro de oftalmologia do país, conta com uma equipe altamente especializada e qualificada para o acompanhamento adequado e periódico da saúde ocular a fim de evitar a evolução de doenças com consequências irreparáveis e até permanentes. Também disponibiliza os mais novos tratamentos para doenças, a exemplo do glaucoma, como sondas a laser, cirurgias endoscópicas, implantes de microestruturas intraoculares e implantes de válvulas. 

Em casos cirúrgicos, o hospital tem um moderno centro cirúrgico, que abriga equipamentos de última geração e tecnologia de ponta, para garantir mais segurança e eficiência nos serviços prestados. 

Matéria publicada em:

Metrópoles

Abrir Chat no Whatsapp
CBV - Hospital de Olhos
Olá 👋
Vamos cuidar dos olhos? 👁️